21.8.18

Do Fenômeno de Adução às Sincronicidades Ufológicas

Por Fernando Salvino (M.Sc)
Parapsicólogo, Psicoterapeuta, Pesquisador
Espaço Tao - Projeto Amanhecer (HU-UFSC)


Em 19 de maio de 2017, pouco mais de 4h da manhã, conforme relatei no ensaio intitulado "Eles estão vindo: relato de experiência extraterrestre" (clique aqui), no fim do curso da experiência relatei a presença de uma luz verde no céu em conjunto com as naves que avistava. Este ensaio versa também sobre esta misteriosa luz verde, a tecnologia e sobre os efeitos que tiveram sobre mim.

O motivo pelo qual retomo este tema é o acesso do que se chamou de "Operação Prato" e o depoimento extremamente honesto do Coronel Hollanda, onde o leitor pode acessar no vídeo acima. A Operação Prato, conforme expõe o ufólogo Gevaerd, foi a mais documentada ação investigativa sobre UFOs já realizada no planeta. E trarei aqui especialmente o final da fala do Coronel, onde se arrisca prever que o contato público extensivo ocorrerá em muito breve.

A sincronicidade com a investigação de laboratório, realizada por mim e meu amigo parapsicólogo Guilherme Kilian (Experimento Salvino-Kilian - clique aqui) e com a autêntica voz eletrônica captada num dos experimentos e submetida a análise pelo Laboratório de Gravação de Voz Eletrônica (LGVE) da Faculdade Espírita de Curitiba/PR (clique aqui); somada a minha experiência precognitiva onde avisto as naves no céu; é que venho aqui escrever este ensaio.

O presente ensaio é portanto derivado da experiência do dia 19/05/2017, da experiência de laboratório realizada em 03/03/2012 e 10/03/2012, da captação de voz eletrônica com os dizeres "estamos chegando" (clique aqui) e das declarações principalmente realizadas ao final da entrevista do Coronel Hollanda.


I - Do Fenômeno da Adução: a "Luz Verde Psicofísica"

Após mais de 1 ano da experiência ocorrida na madrugada do dia 19/05/2017, minhas reflexões repousaram na estranheza do fenômeno que me ocorreu. Após relatar com detalhe ao meu amigo Kilian, passei a refletir sobre a natureza da tal "luz verde".

É praticamente impossível para mim relatar com a clareza necessária o que ocorreu tamanho a transcendência do fenômeno.

Abdução vem do verbo abduzir, e significa "afastar, desviar de um ponto, de uma referência, levar alguém com violência, raptar" (Houaiss). No meio Ufológico é conhecido como o rapto realizado por extraterrestres. Porém, no caso que vivenciei foi o oposto a abduzir. A antonímia da palavra abdução é adução. Aduzir significa "trazer, conduzir, transportar".

Assim, a adução dentro da perspectiva Ufológica é quando os extraterrestres nos transportam para um nível de realidade benevolente e transcendente, sem qualquer uso de meios violentos próprios das abduções.

A luz verde que relatei na experiência era profundamente hipnótica, visto ter prendido minha atenção no céu até a minha total imersão nela. Lembro de ouvir um som de vibração associado a luz que parecia não uma luz física (do tipo emanado por uma lâmpada ou outro objeto) mas uma luz psicofísica.

Algumas coisas me chamam a atenção investigativa:

1. Sobre a fonte emissora da luz: a forma como o fenômeno ocorreu, o de ter sido literalmente atingido por uma espécie de "faixo de luz verde" emanado supostamente de uma das naves que pairavam no céu; faixo este que do tamanho pequeno foi se aproximando de mim até que entrou na região do meu peito, no coração e a luz se irradiou por dentro de mim até que me senti transportado por um nível de ser profundo, de amor livre. A luz não era assim somente física, mas parecia uma irradiação inteligente e amparadora que me levou a um estado de consciência cósmica súbita e abriu meus sentimentos para algo ainda maior. A certeza de que estão vindo e que o contato ocorrerá. O fato da luz ter aparecido, focado, emitida de forma direcionada a mim e com total controle e inteligibilidade sobre todo o fenômeno, pelos efeitos, deduz-se tratar de um tipo de tecnologia psicofísica avançada e que poderá auxiliar a humanidade na cura da doença da alma, como a depressão, o câncer e outras.

2. Sobre a natureza da luz: pelos efeitos deduz-se sua natureza psicofísica de ser uma irradiação de luz inteligente, focal, dirigida, calibrada associada a algum fenômeno sonoro vibratório (ressonante) com propriedades curativas e informacionais, parecendo ser um tipo avançado e não linguístico de comunicação, cujo conteúdo da informação é de alta transcendência holotrópica.

3. Sobre os efeitos psicofísicos da luz no receptor: os efeitos foram físicos e psíquicos. Os efeitos físicos foram a entrada da luz exatamente no centro do peito, região do coração (no externo) e aquela irradiação entrou por este local e se irradiou vibratoriamente por todo meu corpo produzindo uma sensação de anestesiamento geral, perda de controle motor e no fim um choro convulsivo libertador, culminando com meu despertamento imediato e segundo após, a rememoração integral da vivência e o novamente, o choro convulsivo (já dialogando com minha companheira que dormia ao lado e eu a acordei). Conjuntamente com os efeitos físicos, os psíquicos foram a percepção de que a luz era inteligente e não meramente física, e ao penetrar em mim, me vi transportado para um outro nível de realidade do mais sublime amor cósmico, intraduzível, e uma sensação de presença indescritível.

4. Sobre a tecnologia da fonte emissora: é provável que a luz tenha como fonte de emissão alguma tecnologia avançada ligada a cura, a evolução e a transmissão de informação por luz, ou algum tipo de aparelho psicônico calibrado intencionalmente para tal reação.

Em síntese, estamos a tratar de seres avançados da esfera extraterrestre. E a informação contida na "luz verde" me trouxe a certeza de que o contato está prestes a acontecer. Acredite o leitor ou não.

Diante desta informação, a de que "eles estão vindo", ou seja, parecendo que a experiência esteve contida na categoria de Percepção Extrassensorial (PES) que Dra. Louise Rhine chamou de PES Realista em Sonho. E também, diante das sincronicidades que a seguir tratarei, que ao meu ver merecem um aprofundamento progressivo ilimitado para a elucidação dos fatos parapsicológicos, físicos, hiperfísicos e ufológicos.


II - Da Sincronicidade dos Fatos Ufológicos

A experiência de laboratório (Experimento Salvino-Kilian) nos deu evidências experimentais no nível da assim chamada Ufologia Avançada (contato direto com extraterrestres) no que diz respeito a experiências que tivemos com a realidade extraterrestre no período entre a vida passada imediata e a atual vida. O experimento pode ser lido na íntegra aqui (clique aqui). Neste experimento tanto eu como Kilian autocomprovamos a realidade ufológica e cosmológica avançada e suas influências em nossas vidas. Ambos comprovaram a hipótese de autopesquisa onde deveria ter acontecido alguma coisa neste período para que justificasse nosso profundo interesse no campo da cosmologia profunda, ou holocosmologia. Reunião com entidades alienígenas a tratar da calibração do Sol, ocupação de Saturno, transmigração, transporte de naves, densificadores, etc. E a partir deste experimento pude lançar as bases da Holocosmologia e da Parapsicologia de largo espectro, ou função psi-ómicron.

O experimento Salvino-Kilian tratou de duas experiências retrocognitivas induzidas em laboratório, através de metodologia própria incluindo hipnose e exteriorização de energia. No segundo experimento, integralmente gravado, realizado nas dependências do consultório de Kilian, em determinado trecho aparecia uma voz invadindo a sequencia da gravação enfatizando os seguintes dizeres: "estamos chegando". A gravação foi submetida a análise como acima exposto (conferir a pesquisa aqui) e comprovada a autenticidade da voz eletrônica. Fenômenos ocorreram ao longo do experimento, e eu mesmo conduzindo percebi presença de campo de entidade alienígena e após a análise qualitativa e quantitativa de ambos experimentos, chegamos a conclusão que coincidiu o momento da voz com a de percepção da presença.

Esta semana pela primeira vez acessei a entrevista do Coronel Hollanda sobre a Operação Prato e sua fala final chamou minha atenção, a de que faltava pouco para o contato público, ou seja, "eles estão chegando". Somando também a descrição da "luz verde" por parte das observações realizadas na operação. Seria a mesma luz verde? da mesma natureza?

E por fim, o fenômeno PES realista que vivenciei em sonho, onde avisaram-me que estão vindo.


III - Das Conclusões

Convido o leitor a tirar suas próprias conclusões.

0 comentários:

Postar um comentário

Caro(a) leitor(a), seu comentário é bem vindo!