Terapia de Vidas Passadas e Pesquisa Científica da Retrocognição

Acesse meus ensaios sobre minhas experiências retrocognitivas, de terceiros e implicações científicas.

Conscienciologia, Projeciologia, Experiência fora do Corpo, Projeção Lúcida (Astral)

Acesse meus ensaios sobre minhas primeiras experiências extracorpóreas ainda no útero de minha mãe até minha idade atual.

Holocosmologia, Samadhiologia (Serenologia), Função psi-ómicron, Yôga, Tao, Meditação

Acesse meus ensaios sobre a Holociência e o método para o acesso holocósmico.

Ufologia Avançada, Parapsicologia Experimental (psi-ómicron) e Autoexperimentação Parapsíquica

Acesse meus ensaios sobre a correlação entre os fenômenos psi-ómicron, a Ufologia Avançada e experimentação direta.

30.10.09

Parapsicologia, Projeciologia e Psicanálise: uma união possível?


Eis áreas complexas e atualmente operantes de forma independente. Minha tese é de que é necessário uma união entre estas áreas de forma a preencher lacunas que a reunião dos três modelos gerariam um novo modelo mais completo e coerente com a realidade cósmica e com a dinâmica da consciência.

Parapsicologia

A Parapsicologia atualmente se encontra numa situação delicada: tal como a Psicologia, apresenta-se em várias escolas, muitas delas autodenominand0-se de científicas, outras de católica e ainda as que se denominam de espíritas. Outros se intitulam, Psicologia Anomalística ou Pesquisa Psi. Independente do nome que damos a esta área de pesquisa, obviamente esperaríamos que se desmembrassem em escolas, tal como ocorreu com a Psicologia e com outras áreas. Tal mesmo o que ocorreu com as inúmeras religiões que se desdobraram de outras e assim por diante.

No entanto, ao analisarmos as evidências mais coerentes e de mente bastante aberta, afastando todo preconceito religioso e mesmo colocando o cetiscismo patológico de lado, chegaremos a um conjunto de premissas que nos conduzem a uma Parapsicologia de natureza multidimensional, multiexistencial, holobiogáfica, etc. E é aqui que sua correlação com a Projeciologia torna-se necessária, visto que tal ciência estuda o estado projetivo da consciência e as experiências extracorpóreas. E mais, colocando a Parapsicologia no caminho da pesquisa cientifica da "reencarnação" e outros fenômenos complexos, como as experiências extracorpóreas, une-se a Psicanálise, na medida em que a reencarnação ocorre devido a natureza sexual da vida "encarnada".

Meu ponto de vista é ainda mais radical que a dos céticos ou mesmo dos que se definem parapsicólogos espíritas, católicos ou anomalísticos: todas estas supostas escolas de Parapsicologia são pseudo-científicas. Suas investigações estão contaminadas e muitas delas prostituidas pelo dinheiro. Pesquisas avançadas nunca serão sustentadas dentro de uma universidade católica, espírita ou dentro de uma instituição religiosa, seja ela qual for. Onde existem dogmas e outros interesses de natureza monetária e mesmo dos de interesse egóico, circulando a vaidade, a prepotência e a arrogância, não existe possibilidade de encontrarmos "verdade". Assim, falo aqui de uma Parapsicologia de verdade, e não das "Parapsicologias aguadas", adoçadas, e mesmo as que são falsas, com sabores artificias e conservantes, estabilizantes. Falo aqui de uma Parapsicologia "Orgânica", ecologicamente correta, que respeita os princípios da ciência, que é o comprometimento com a verdade real dos fatos. Tudo que se desvia disto não é ciência, é outra coisa, pode ser até uma neo-religião, como é a Psicologia Anomalística ou a tal Pesquisa Psi, da suposta linha cética. Esta última atravessando critérios de dogmatização de método e estabalecimento de rígido padrão de caracterização de verdade, sendo neo-religião.

De uma coisa sei, por experiência: eu existia antes de nascer, logo "tinha" um Ego que permaneceu existente e operante até que, por dado motivo, retornei a vida humana, neste planeta. Minha memória por uma série de razões se apagou e minha vida se transformou num esforço rochoso de lembrar quem sou, nas minhas raizes cósmicas residentes num espaço-tempo passado. Renascer, pois, é um fato de ordem de uma Lei Natural Cósmica que transcende a ciência, a filosofia e a religião, estando pois num território além de qualquer tentativa de ritulação espírita, gnóstica, platônica, taoista, hisduista, etc. Reencarnar, ou melhor, voltar novamente à carne (ter novo soma, ressomar), é um fato cósmico. Assim como, sair do corpo e ainda permanecer lúcido fora dele. Tais fatos dispensam as hipóteses dogmáticas que não a do "corpo objetivo". A hipótese do corpo objetivo, ou da existência real do Psicossoma (corpo psi ou corpo extrafísico) é outro fato cósmico que representa outro fato de ordem da natureza holossomática e multidimensional do psíquico. Mas, no que ocorre hoje, é além da contaminação de tais fatos com os mecanismos de resistência a tais realidades supra-humanas, metafísicas e cósmicas mais abrangentes, está a prostituição das instituições, representadas por pessoas mal intencionadas que fazem da ciência um meio de vaidade e sobrevivência material.

Pois vou trazer algo que para mim é uma verdade: nenhum cientista que opera com investigações avançadas da consciência ganha dinheiro com isto. Este território não está na moda. Este território está na contra-corrente da ciência. Ameaça-a e tira-lhe o sedentarismo de um tipo de conhecimento embolorado pelo comodismo mental e experiencial. A nova espiritualidade é embasada na experiência lúcida e em pesquisas sérias e avançadas. O futuro está num campo lúcido e não mistificante, embreagante, religioso da consciência.
Desta forma, proponho um nome diferente para tal ciência: Investigações Avançadas da Consciência. E não uma especialidade restritiva, ou um nome delimitador, como Projeciologia ou Conscienciologia. Nenhuma dessas é mais avançada que outra, mas hoje temos um sistema, um complexo de investigações avançadas que precisam ser colhidas em todas as áreas e sistematizadas num todo cada vez mais coerente. Caso não agirmos assim, de forma universalista, estaremos plantando os caminhos de uma ciência religiosa, tal como está ocorrendo com a Conscienciologia, que já nasce contaminada.

Projeciologia

As correlações entre tais campos é direta. A Projeciologia, não a que Waldo Vieira codifica tentando se colocar num patamar competitivo diante de Allan Kardec, mas a que representa o conjunto coerente de todas as investigações da natureza extracorporal da consciência, tal como tentou fazer Sylvan Muldoon, é uma área altamente importante para as Investigações Avançadas da Consciência. Como disse acima, para mim e todas as experiências que passei desde pequenino, estou convencido plenamente que Eu existo fora de meu cérebro, fora de meu corpo e ainda assim, consigo permanecer raciocinando e vivo fora dele. As retrocognições rememoradas tornam tais experiências ainda mais sólidas. A coerência de tal assertiva se torna impactante na medida em que ao reunirmos sistemicamente os dados paranormais de outros fenômenos num todo sistêmico, chego a conclusão preliminar que o Ego existia antes desta atual "vida" ou "existência" e pode sair temporariamente do corpo, permanecer lúcido fora dele e, após, voltar e lembrar das experiências. O potencial transformador de tais experiências dispensam comentários. Todos os pesquisadores sérios sabem o quanto uma EQM gera de transformação num sujeito.

A união da Projeciologia com a Psicanálise, na minha modesta visão, se dá de forma impactante na negativa de Sigmund Freud, quando, ao analisar as experiências de vôo relatados por seus pacientes, afirma ser incapaz de explicar tais experiências. Sua teoria dos sonhos apresenta enorme coerência quando aplicada num extrato de realidade que não incidem os fenômenos paranormais ocorrentes no campo dos sonhos e os fenômenos relacionados as experiências fora do corpo, como o são os sonhos de vôo. A sua interpretação mais no âmbito sexual são altamente aplicáveis, embora restritas, visto Freud não operar com a realidade metaorgânica do psíquico, ou o holossoma. Freud operava somente com a noção de um soma e uma psiqué. Ao trabalharmos com a realidade de que o psíquico opera em mais de um soma e, inclusive, em certas condições pode sair deste soma e usar de outro soma para se manifestar, atravessamos outro campo. Desta maneira, a Psicanálise se interconecta para um campo mais abrangente, ao integrar a Projeciologia dentro da lacuna de Freud. É exatanente nesta lacuna que entra um novo conjunto de investigações que podem levar a Psicanálise a um novo estágio de conhecimento. A isto, porém não chamaria de Psicanálise, mas, como disse, de Investigações Avançadas da Consciência, onde a Psicanálise faz parte deste sistema. O proprio Freud interessou-se pela Telepatia e, apesar de ter vivido na época de Carrignon, não efetivou a investigação paranormal. Seu intento foi outro, investigou de forma sábia outros campos psíquicos, o inconsciente e a sexualidade humana, por exemplo.

Assim, onde está a relação entre Projeciologia e Psicanálise? Na sexualidade, no inconsciente e na teoria dos sonhos. Na sexualidade está que, há algo de sexual nos experimentos extracorpóreos, há um forte princípio de prazer envolvido no fenômeno e em sua busca. Há algo de edípico em tais fenômenos, na medida em que muitos procuram e mesmo tem tais experimentos devido a conflitos francos com a família, especificamente com os pais, no processo do complexo de édipo. Ademais, a vida humana inicia a partir da relação sexual com o pai e a mãe, e a ressomatização da consciência só se torna possível a partir de tal realidade sexual. Sendo a vida humana a sexualização da consciência, a Psicanálise é intimada a adentrar nas investigações mais avançadas da consciência, sendo ainda uma força de ponta nas pesquisas psicológicas.

A Projeciologia, ou as investigações avançadas dos fenômenos projetivos da consciência, necessita da Psicanálise, na medida que, investigando o Ego se manifestando fora do corpo, coloca o Ego como uma realidade extrafísica da consciência ou mais, como sendo talvez, a própria consciência. Ao adentrar em investigações das memórias de vidas anteriores, pela retrocognição, a Projeciologia traz novos rumos para o entendimento da vida humana ordinária, visto que o Ego pode permanecer lúcido de si mesmo, ainda fora do cérebro e do corpo. Novas respostas para o entendimento de casos complexos como os que misturam paranormalidade com sexualidade e com problemas familiares, etc.

Psicanálise
A sexualidade é o ponto central da necessidade de integração de tais pesquisas nas Investigações Avançadas da Consciência. O modelo multidimensional de ciência enfatiza estar a "reencarnação" submetida a leis terrenas. A principal lei é a de que, um ser humano nasce a partir da relação sexual de um homem e uma mulher, ou mais precisamente, da união de gametas sexuais masculinos e femininos. O zigoto, a protocécula que pela embriogênese dará forma ao novo soma humano, é a essência biológica da vida sexual de um ser humano. Assim, a Parapsicologia "orgânica", "integral" que não é a refinada, enfatiza que a sexualidade é a essência da vida humana "encarnada" e mais, que todo distúrbio psíquico de um ser humano sempre atravessará a sexualidade deste indivíduo. Tal conhecimento já apresenta sinais da união entre Parapsicologia, Projeciologia e Psicanálise.

Além de tal afirmativa, outro ponto essencial é integrarmos o conhecimento de Freud em sua "teoria dos sonhos", para o entendimento dos conteúdos psíquicos e de seu método de interpretação. Integrar para que possamos compreender exatamente ou o mais exato possível quando se trata de sonho propriamente dito de outras vivências paranormais, como as experiências fora do corpo e os sonhos paranormais de natureza retrocognitiva e mesmo as precognitivas. Precisamos saber que a memória contém não somente fragmentos de experiências reais, mas também, memórias de fantasias e de outras criações mentais que não ocorreram numa realidade dos fatos, mas somente numa realidade psíquica subjetiva. A vida humana é uma vida de desejos sexuais, de busca por prazer e por compensações por frustrações nesta área. De forma resumida, ou integramos a sexualidade como um dos aspectos essenciais do ser humano, ou teremos uma ciência capenga, uma religião, visto estar castrada na sua base daquilo que mesmo a fez surgir: um religioso só existe para estar na religião, porque veio ao mundo por uma relação sexual e saiu da vagina de sua mãe (ou pela cesária). Preciso ser mais sincero?

Parapsicologia, Projeciologia e Psicanálise: Uma União Possível?

Sim. E mais, é necessário que se unam, visto que tratam separadamente de realidade que são interconectadas e presentes de forma unificada nas vidas das pessoas. Mas para se unirem, instituições precisam ruir. Idéias precisam mudar e formas diferentes de se ganhar dinheiro precisam surgir. Muitos irão contra o que digo aqui pelo simples fato de estarem ganhando dinheiro com suas profissões e teriam de mudar, caso acatassem tal necessidade de integração das investigações e métodos terapêuticos.

De que lado você está: do compromisso cósmico com a "verdade" ou do acobertamento e ocultamento de "verdades"?

2.10.09

Manicômio Global: A insanidade social silenciosa


Caro leitor


Lembro muito bem que quando me formei em Direito elogo peguei minha carteira com a Ordem dos Advogados do Brasil fui fazer uma visita a 2 instituições famosas dentro dos corredores e das salas das universidades de Direito: o Presídio e o Manicômio Judiciário.



Pois bem... peguei a carteira da OAB e lendo o estatuto, vi que teria direito de entrar sem quaisquer autorizações judiciais nestas instituições.



Meu interesse era ver por dentro, como funcionava o processo da "execução penal".



Hoje, o leitor deve saber, caso um cidadão cometa um crime e dependendo do tipo de crime, tal como está em nosso Código Penal, este irá para o Presídio, aguardar vaga para a Penitenciária.



Não sei se o leitor sabe ou se lembra, mesmo pelos filmes por aí afora, que antigamente a execução das penas era pública, ao ar livre. Os enforcamentos, os estrangulamentos, as guilhotinas..... tudo era realizado ao ar livre, diante de telespectadores. Era a TV da época...... hoje temos coisas mais decadentes na TV, como a cobertura ao vivo das guerras do golfo, Faustão, Ratinho....... Big Brother...... e por aí afora.



Em dado momento da história, sabe se lá porque, a execução das penas tornou-se privada. Ou seja: o cidadão era maltratado as escondidas da sociedade. A sociedade tornou secreta tal execução, onde somente pessoas autorizadas de tal sistema pode saber o que lá dentro acontece.



E eis que eu, um novato advogado, era uma dessas pessoas autorizadas pelo sistema.



E lembro bem o que encontrei lá. Já na entrada, um insano me recebe grosseiramente tentando me impedir de entrar, mesmo mostrando a carteira da OAB, o cidadão tentou me impedir. O insano estava sentado na cadeira na guarita. Era um insano vestido de policial, fumando horrores. Os dentes de sua boca exalavam mal trato, placas bacterianas, tártaro e nicotina grudada em seus dentes amarelos e sua gengiva avermelhada, inflamada. Seu rosto era de um insano com barba mal feita. Bom, num dado momento, sentei-me em sua frente e após uma negociação, ele me levou a conhecer as 2 instituições no qual comandava. Nestas alturas, eu tinha criado um clima de liberdade com ele, tendo confiado em mim nos poucos minutos da negociação.



Ao adentrar no presídio, encontrei celas minusculas, apertadas, lotadas e os rapazes presos, todos parecendo normais, comparados ao insano que estava comigo. Os rapazes eram de boa índole. Todos eles, conforme informara, eram crimes pequenos, de bagatela, furtos, etc. Nada comparado ao "crime" que o tal ser vestido de policial cometera ao tentar me proibir de entrar na instituição. Coisas que os ricos fazem só que em escala menor. Coisas que todos fazemos, ao sonegar nossos triibutos impedindo que os setores de nosso governo corrupto arrecadem nosso dinheiro para sustentar suas orgias promiscuas por aí afora.



Visitei o presídio e após, fui ao Manicômio Judiciário. E lá encontrei várias pessoas interessantes. Aliás era um sistema social muito rico em cuidados. A lei de execução penal brasileira prevê bons tratos e uma reeducação para levar o sujeito ao bom convívio social novamente. Os insanos criaram esta lei, obviamente. E lá, colocaram pessoas normais. Porque normais? Porque é normal alguem ter ódio de outra pessoa. A diferença é que, por exemplo, "serrote", expressou seu ódio e serrou o pai inteiro. A energia do local era algo extremanente positiva, imagine você leitor, como eu saí de lá! Algo como uma uva passa, sugado até o osso. Nada mais estranho era o Manicômio: a moeda dos internados era cigarro. Eles intercambiavam cigarro entre eles. Esta era a moeda. Fumavam muito e quem tinha mais cigarro era rico. Você conhece este sistema? É o nosso sistema insano, apelidado de normal. O segurança, um rapaz delicado de quase 2m de altura, intimidador e de caráter altamente agressivo. Provavelmente era amigo dos internos e os tratava de forma amorosa como prevê nossa lei inaplicável de execução penal. Não que seja contra um sujeito ser preso e ser responsabilizado por seus atos. Mas o que sou contra é o Estado demonstrar seu caráter criminoso ao prender um sujeito no presídio e no manicômio. O estado é criminoso. A existência de Estado é a prova da insanidade mental humana.



Muitos politicos são piores que "serrote". Os politicos são mais insanos que "serrote". Pelo menos "serrote" serrou somente uma pessoa. Os políticos corruptos "serram" as pernas de milhões e milhões de pessoas com a prostituição social que patrocinam. Cooperam com o tráfico de drogas, mulheres, crianças, órgãos, armas........ Faltaria lugar para eles. Não existe como amontoar todos os politicos num lugar só. E mesmo se o fizesse o Estado, este faltaria com sua coerência. A Lei de Execução Penal é a prostituição máxima do Direito. É a insanidade máxima de um sistema legal prostituido.



A insanidade social é silenciosa. O interior das pessoas corrói de um vazio existencial agudo. Aprederam a fingir, a mentir, a se enganar. Estas pessoas não são todas meus pacientes, infelizmente. Não chegam até mim. Param nas instituições que mencionei. Param em psiquiatras, em tratamentos de choque, em "tarjas pretas". Perdem-se, em pânico, caminham pelo mundo tentando encontrar algum sentido em estar vivo nesta sociedade insana. A insanidade beira ao colapso: os insanos estão matando o planeta com seus dejetos consumistas. O planeta agora atravessa sua maior crise ecológica da história. A água está contaminada, os alimentos, a TV. Assisto as pessoas adorarem Big Brother e outros programas insanos desta natureza. Outro dia num taxi no Rio de Janeiro o taxista me fala abertamente: "sabe doutô, outro dia um meganha daqui, meu camarada, me disse que os artistas da Globo tudo cherador.... que não sobra um, só os antigo não... e esse cara é confável, meu camarada". A insanidade é silenciosa.........



O planeta é um Manicômio Global. As pessoas vão enlouquecendo aos poucos, silenciosamente.....



Já li que o Planeta é um Hospital-Escola... mas como é romântico tal afirmativa! O planeta é um organismo vivo, que em sua superfície fora construido um "Asilo para Insanos".

Saímos das dimensões extrafísicas evoluidas e reencarnamos simplesmente por um único motivo: ajudar as pessoas. Porque se não fosse desta forma, se não houvesse este recurso da evolução, as pessoas não se encontrariam e não evoluiriam.

O que adianta internarmos as pessoas? Já estamos internados e este local se chama: Terra.