26.6.12

Breves Considerações sobre o Pós-Acesso Experimental ao Holocampo Cosmológico

Holocampo Cosmológico
Por Dr. Fernando Salvino (MSc.)
Parapsicólogo, Psicoterapeuta
Conscienciólogo, Projeciólogo


Após a publicação do ensaio científico "Sobre o Acesso Experimental ao Holocampo Cosmológico: Do Primeiro e Segundo Experimento Laboratorial - Retrocognição ao Último Período Intermissivo" mudanças sérias ocorreram na minha vida e na vida de meu amigo parapsicólogo Guilherme Kilian. O que falarei aqui é sobre a minha experiência e deixarei aberto ao meu amigo caso queira expor-se.

A primeira dessas mudanças foi a sincronização da programação existencial, para um foco mais alinhado com o contexto cosmológico associado a meu nível evolutivo mais imediato. A segunda das mudanças foi a confiança cósmica nos processos astrofísicos/cosmológicos associados à evolução tanto da consciência como da fusão consciência-cosmos e ao cosmocontrole hiperlúcido por parte dos espíritos superiores da evolução, a partir das bases multidimensionais situadas no espaço cósmico estelar. A terceira mudança foi na estrutura cognitiva, alinhando a fisiologia especialmente o cérebro, com a metacognição cosmológica dos acessos ao holocampo, enquanto recurso cosmodidático para o entendimento experimental das realidades avançadas da evolução. O realinhamento se deu experimentalmente pela rememoração retrocognitiva do meu último período intermissivo. A partir disso, a minha cognição começa a funcionar a partir de outra epistemologia, desta forma, os acessos ao holocampo parecem atuar diretamente no fundamento epistemológico e ontológico da consciência e seus processos cognitivos e processamento mental e no campo de sentimentos. A quarta mudança é prática, na necessidade de trazer tais resultados para um público maior, e com isso, altera o nome desta revista para somente "Revista Digital de Experimentos Avançados da Consciência" e inicia-se um processo de criação de meios práticos para operacionalizar essa fase atual da tarefa de vida. Esta mudança se opera tanto em minha atividade como pesquisador tanto como psicoterapeuta.

Assim, esta revista altera seu nome para acompanhar as mudanças internas de seus coordenadores e refletir o exato momento do NIAC. A lógica inclusa do infinito começa a se tornar o fundamento cognitivo para a saúde mental contínua, permanente. O exemplo das inteligências cósmicas, ou os cosmo-amparadores, evidencia uma cosmocognição. E como tal, a cosmocognição circula por processos  de acesso ao holocampo, experimentos cosmoconscienciais, verdadeiros contatos diretos com o Infinito.

Reitero aqui o potencial auto-transformador dos estados parapsíquicos de consciência e suas relações com a evolução da consciência e mesmo o entendimento da função evolutiva dos fenômenos parapsíquicos.

0 comentários:

Postar um comentário

Caro(a) leitor(a), seu comentário é bem vindo!